Início Bancada Marcio Camargo defende investimentos privados para Raposo Tavares

Marcio Camargo defende investimentos privados para Raposo Tavares

O deputado estadual Marcio Camargo participou na noite desta segunda-feira, 11/06, do Ciclo de Debates – Empreendedorismo, que ocorreu na sede distrital da Associação Comercial de São Paulo, no Butantã.  Com o tema “Sistema Viário e Transportes na Região Sudoeste da Cidade de São Paulo”, o parlamentar apresentou soluções para desafogar o trânsito na rodovia, especialmente no trecho entre Cotia e São Paulo.

Entre as propostas apresentadas no debate, Marcio Camargo afirmou que uma das alternativas em análise para resolver os problemas de engarrafamentos na Rod. Raposo Tavares seria a Concessionária CCR ViaOeste encampar o trecho do KM 34 até a chegada à capital, atualmente sob jurisdição do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), e fazer investimentos de R$ 3 bilhões em obras. Em troca a empresa ganharia a extensão no prazo da concessão da rodovia. “Isso, no entanto, depende de uma interlocução entre o governo estadual, o Tribunal de Contas do Estado (TCE), prefeituras e outros órgãos compatíveis”, afirmou o parlamentar.

Frente Parlamentar

Durante sua apresentação, intitulada o “Nó na Raposo Tavares”, Marcio Camargo explicou que uma das prioridades do seu mandato é equacionar o problema de mobilidade da rodovia, garantindo aos seus usuários melhorias na segurança, conforto e infraestrutura. “Assumi uma cadeira na Assembleia Legislativa em março de 2015, idealizei e criei a Frente Parlamentar em Defesa da Rod. Raposo Tavares. Sugerimos, a partir do trabalho conjunto entre especialistas e técnicos governamentais, atividades visando à melhoria da mobilidade no eixo metropolitano da rodovia. Apenas para se ter uma ideia, no trecho Butantã/Granja Viana circulam diariamente 200 mil veículos, entre caminhões e carros de passeio”, destacou o parlamentar.

Com o lançamento oficial da Frente Parlamentar em junho de 2015, foi criado um cronograma de audiências com o objetivo de ouvir as principais demandas da sociedade civil, instituições e órgãos públicos. Toda essa mobilização resultou na elaboração de um documento, elencando as ações prioridades para a revitalização e modernização da Rod. Raposo Tavares, que foi encaminhado ao governo do Estado para executar as interferências necessárias. Em julho de 2016 o documento foi protocolado no gabinete, e entregue em mãos, ao secretário de Estado da Casa Civil.

No fim de 2016, após as eleições municipais, o DER apresentou aos prefeitos e câmaras de vereadores recém-eleitos e à sociedade o edital da obra. “Com investimentos de R$ 90 milhões, o governo do Estado atendeu às nossas demandas e realizou obras entre os km 9,8 e 30,6, que incluíram a recuperação do pavimento da pista, alças de acesso e retornos, melhorias na sinalização vertical e horizontal, alargamento da ponte sobre o Rio Cotia, pistas de desaceleração, muretas e guard rail de proteção, retificação de curvas em quatro pontos, como a do KM 21, que possuía número recorde de acidentes, principalmente com caminhões, entre outras melhorias”, explicou Marcio Camargo.

Também participaram da mesa de debates Ricardo Granja, diretor Superintendente da Distrital Sudoeste e prefeito Regional do Butantã; Andrea Matarazzo, gestor público; Nelson Barth, coordenador da Comissão do Meio Ambiente e Conselheiro da Distrital Sudoeste; Antônio Carlos Pela, vice-presidente da Associação Comercial de São Paulo; José Odiar Pereira Diniz, gerente do empreendimento da Linha 4 do Metrô; e Adriana Lewisky, arquiteta e urbanista.

Mais de 150 pessoas prestigiaram o Ciclo de Debates, que contou ainda com a presença de Claudio Anibal Cleto, diretor sub-regional Oeste do SesconSP, representando Márcio Massao, presidente do Sescon-SP e da Aescon-SP; Roberto Terassi, ex-vice-prefeito de Embu e atual coordenador da Câmara Temática de Meio-Ambiente da Região Sudoeste; Beto Social, suplente do vereador de São Paulo; e Sidneia, representando David Soares, vereador da capital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*