Início Bancada São Bernardo institui DO Eletrônico e economiza R$ 900 mil por ano

São Bernardo institui DO Eletrônico e economiza R$ 900 mil por ano

Prefeitura propôs novo modelo para publicação de Atos Oficiais; Câmara aprovou texto original

 

A publicação dos Atos Oficiais da Prefeitura de São Bernardo será feita em versão digital e não mais por impresso, por meio do Notícias do Município (NM).

Em proposta encaminhada pela atual gestão do Executivo de São Bernardo, a Câmara aprovou, por 21 votos, contra 4 abstenções e duas ausências, o texto original, cuja premissa é aliar a modernização do município com a nova política de austeridade nos gastos públicos.

Assim, a partir da sanção do prefeito Orlando Morando, a aplicação do novo modelo de publicação oficial ocorrerá no prazo de 30 dias. A versão é acessível pelo portal da Prefeitura (www.saobernardo.sp.gov.br/imprensa-oficial). O teor dos Atos Oficiais continuará sendo disponibilizados às sextas-feira (com exceção em feriados).

Atualmente, o jornal impresso consome anualmente R$ 900 mil em despesas, com a publicação de 20 mil exemplares semanais, de em média 36 a 48 páginas e que são distribuídos por bancas de jornais e repartições públicas, por exemplo. A administração estima que os custos com a versão digital sejam de aproximadamente R$ 8.000, por ano, resultado este que representa menos de 1% da atual despesa.

“O Notícias do Município já tem a sua versão digital, alocada em nosso site. E os acessos são constantes. Agora, justifico essa propositura, pois estamos trabalhando com a política de eliminar gastos, tendência essa adotada também em demais órgãos, como Tribunais de Justiça e de Contas, que também eliminaram as publicações impressas. Caminhando junto neste projeto está a modernização, que expõe cada vez mais o avanço irrefreável da tecnologia, podendo ser acessada pelo celular, por exemplo”, destacou Morando.

De acordo com a propositura aprovada, estão previstas a publicação de duas versões impressas, por semana, que serão arquivadas, uma na Prefeitura e outra na Câmara.

A coordenação de todo o material continua a cargo da Secretaria de Comunicação. De acordo com a titular da Pasta, Thaís Santiago, a nova proposta não altera o conteúdo. “Além dos Atos Oficiais, a versão impressa publicava notícias da cidade, como novos programas e ações. Esse conteúdo continua sendo priorizado por meio do portal, acompanhado de serviços e outras ferramentas relevantes para a sociedade. Alinhamos esta proposta ao plano de reduzir as despesas do município, que a administração implantou desde o início do governo”, pontuou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*