Início Bancada São José cria programa para facilitar compra da casa própria

São José cria programa para facilitar compra da casa própria

O prefeito de São José dos Campos, Felício Ramuth, colou em prática mais uma promessa de campanha. Lançou o programa CASA JOSEENSE que vai ajudar com aporte financeiro e isenção de impostos municipais e de taxas as famílias com renda entre R$ 1.200,00 e R$ 2,600,00 a realizarem o sonho da casa própria.

 “Queremos ajudar essas pessoas que estão há mais de 4 anos na fila a comprarem seus imóveis. Para isso, a prefeitura vai oferecer R$ 5 mil de aporte financeiro, que servirá para o pagamento das prestações até a entrega da chave do imóvel, e mais R$ 2,5 mil para isenções de impostos municipais e taxas de cartório e bancárias”, explicou o prefeito Felício, complementando que a proposta é estender a mão para quem quer adquirir a moradia própria.  

 Além disso, as famílias que aderirem ao programa poderão contar com subsídio do Governo Federal no valor de até R$ 42.200. Os beneficiados ficarão isentos do pagamento do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) e da taxa de lixo durante cinco anos.

 Com a carta de crédito e com o subsidio da Caixa, a pessoa poderá escolher o seu imóvel. Na cidade de São José, durante o lançamento do programa, foram apresentados mais de 1.000 imóveis em várias regiões da cidade para mais de 1.500 famílias que se enquadram nos critérios do Casa Joseense.

 Com esse programa considerado inédito na cidade, o prefeito espera reduzir a fila da habitação do município. “Temos cerca de 2 mil pessoas que se enquadram na Casa Joseense e que podem sair do aluguel para a casa própria, com a ajuda da prefeitura”, disse o prefeito.

 A Prefeitura disponibilizará de R$ 1,4 milhões de investimentos em aporte financeiro e isenção de impostos municipais, taxas cartoriais e bancárias.

Programa Casa Joseense 

O programa Casa Joseense é de autoria do governo Felício Ramuth  e foi criado por meio da Lei Complementar 604/2018, sancionada em abril deste ano e regulamentada pelo Decreto 17.769/2018, com o intuito de diminuir a fila de famílias que buscam habitação na cidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*