Início Notícias do PSDB Doria sanciona PL e lança projeto Alimento para Todos

Doria sanciona PL e lança projeto Alimento para Todos

A Prefeitura e a Plataforma Sinergia lançam neste domingo (8) o projeto Alimento para Todos. A iniciativa vai combater o desperdício de alimentos e seguirá as diretrizes do projeto de lei 550/2016, do vereador Gilberto Natalini, que institui a Política Municipal de Erradicação da Fome e de Promoção da Função Social dos Alimentos (PMEFSA). O PL será sancionado pelo prefeito João Doria durante o evento de lançamento do projeto.

Com a sanção, fica instituída a política de promoção da função social dos alimentos, cumprida quando os processos de produção, beneficiamento, transporte, distribuição, armazenamento, comercialização, exportação, importação ou transformação industrial tenham como resultado o consumo humano de forma justa e solidária, evitando desperdícios.

A parceria entre a Prefeitura e a Plataforma Sinergia prevê a destinação de todos os tipos de alimentos de boa qualidade e dentro do vencimento para a produção do Allimento, um granulado nutritivo que será entregue às populações que enfrentam carências nutricionais no município.

O Allimento é seguro, está pronto para consumo e ainda pode ser balanceado para atender às diferentes demandas nutricionais. Ele pode ser simplesmente adicionado às refeições, mas também é possível fabricar outros alimentos, como pães, snacks, bolos, massas e sopas.

Caberá à Plataforma Sinergia a realização de workshops para conscientização e viabilização de novas parcerias, demonstrando que combater o desperdício de alimentos é viável, quando se aplicam tecnologias inovadoras.

Segundo a presidente da Plataforma Sinergia, Rosana Perrotti, a instituição já possui cerca de 50 toneladas do Allimento em estoque. “Inicialmente, teremos que fazer um estudo para definir quais serão os primeiros locais que irão receber o Allimento, mas a ideia é que a distribuição seja feita para as populações que vivem em situação de insegurança alimentar, como as que são atendidas nos equipamentos sociais da Prefeitura”, disse.

O Allimento também será um dos itens disponibilizados nas cestas básicas distribuídas pelos Centros de Referência de Assistência (CRAS) para famílias em situação de risco e vulnerabilidade social.

Qualquer pessoa, física ou jurídica, empresa ou órgão público pode se tornar um doador e os interessados em colaborar com o projeto podem efetuar doações no Banco de Alimentos da cidade de São Paulo, da Secretaria Municipal de Trabalho e Empreendedorismo, na Rua Sobral Junior, 264 – Vila Maria, que fará o direcionamento dos itens à entidade parceria.

A nova lei que será sancionada servirá de referência para os demais municípios brasileiros. Um mesmo projeto de lei tramita na esfera federal.

Sobre a Plataforma Sinergia
A instituição possui notória especialização em processos que eliminam os prejuízos decorrentes do desperdício de alimentos e é coautora do projeto de lei 550/2016, que estabelece a Função Social do Alimento para a Erradicação da Fome – a qual demanda regulamentação devidamente prevista em sua elaboração, além de patentes e “know-how” em processos e tecnologias de beneficiamento de alimentos, que permitem maior longevidade a eles, segurança e qualidade nutricional.

Serviço
Data:
 8 de outubro (domingo)
Horário: 17h
Local: Auditório Ibirapuera  – Avenida Pedro Álvares Cabral, s/n – Portão 2

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*