Início Destaques Em Ribeirão Preto, Alckmin anuncia medidas de incentivo ao agronegócio

Em Ribeirão Preto, Alckmin anuncia medidas de incentivo ao agronegócio

O governador Geraldo Alckmin anunciou, nesta segunda-feira, medidas de incentivo ao agronegócio como a liberação de mais de R$ 137 milhões em crédito por meio do Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista, como autorização para a abertura de crédito nos programas Pró Tratur é Pró Implemento, além da destinação de R$ 30 milhões para seguro agrícola.

O anúncio foi feito na 24ª Feira Internacional de Tecnologia Agrícola em Ação, a Agrishow, onde Alckmin assinou também decreto que acrescenta implementos agrícolas no rol de produtos beneficiados pelo Regime Especial, destinado a evitar a formação de saldos credores elevados e continuados de ICMS.

“É um prazer estar em Ribeirão Preto, na Agrishow, que é sempre um sucesso e tem a expectativa de receber mais de 150 mil pessoas até sexta-feira. Aproveitamos para, aqui, assinar o Decreto que estabelece o regime especial para a indústria de máquinas do nosso Estado, facilitando a devolução do crédito do ICMS, que vai ser importante. E, no mesmo decreto, nós estamos ampliando a utilização do crédito do ICMS para a pessoa física do produtor rural e para a empresa rural,  para a compra de caminhões, compra de furgões e de carrocerias”, explicou o governador.

Vitrine do setor

A Agrishow é a vitrine das mais avançadas tendências e inovações tecnológicas para o agronegócio. Na feira, o produtor rural pode encontrar produtos, tecnologia e oportunidades de negócios.

O evento é idealizado por entidades ligadas ao agronegócio brasileiro e conta com mais de 800 marcas em exposição, que apresentam suas novidades em máquinas, implementos agrícolas, sistemas de irrigação, acessórios, peças, entre outros produtos necessários ao aumento da produtividade e à redução dos custos do agronegócio brasileiro.

Na ocasião, o governador se reuniu com Fábio Meirelles, presidente da Agrishow 2017 e da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*