Início Notícias do PSDB Para Alckmin, melhorar gestão é o caminho para universalizar o saneamento

Para Alckmin, melhorar gestão é o caminho para universalizar o saneamento

O governador Geraldo Alckmin ofereceu uma palestra magna de abertura do Congresso ABES Fenasan 2017. O evento, cujo tema é a “Universalização dos serviços de Água e Esgoto do Estado de São Paulo”, ocorre até 6 de outubro na São Paulo Expo, na Vila Água Funda, na capital paulista.

Alckmin comentou sobre as ações do Governo do Estado de São Paulo e analisou o cenário para universalizar o saneamento no Brasil. “Para universalizar o saneamento, precisamos melhorar a gestão, pois a maior dificuldade é o financiamento”, comentou o governador, lembrando que há um estudo do plano nacional que indica a necessidade de investimento de R$ 500 bilhões para universalizar o saneamento.

“Então. As empresas do setor expandem suas atividades para outras áreas, como, por exemplo, resíduos sólidos, água de reúso e para a indústria, a custo mais barato, com juros menores. Isso depende de redução da carga tributária”, explicou Alckmin.

Durante a palestra, o governador respondeu perguntas feitas pelo público especializado. Ele também aproveitou para visitar a feira e passou pelo estande da Sabesp. O governador elogiou o que viu e ressaltou a importância de se debater o saneamento.

“Esse congresso é o maior da América Latina e, ao lado da feira, reúne especialistas e o que existe de mais avançado em termos de tecnologia. O binômio saúde e saneamento é importante”, destacou.

A atual edição da feira reúne os três eventos mais tradicionais do setor: o 29º Congresso Brasileiro de Engenharia Sanitária e Ambiental, da ABES, o 28º Encontro Técnico AESabesp e a 28ª Feira Nacional de Saneamento e Meio Ambiente – FENASAN.

Com a união dos três eventos, a feira é apontada como a maior realização de cunho técnico e mercadológico, em saneamento ambiental e meio ambiente, já realizada no continente americano. O evento é realizado pelas duas entidades de maior representatividade técnica em saneamento no País: a ABES (Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental) e a AESABESP (Associação dos Engenheiros da Sabesp).

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*