Início Artigos São Paulo vai ajudar no desenvolvimento do Brasil

São Paulo vai ajudar no desenvolvimento do Brasil

Por João Doria

A nova gestão administrativa do estado de São Paulo terá foco na aceleração do desenvolvimento econômico e social e na construção de soluções estruturais inovadoras para o bem-estar da sua população.

A tarefa exige trabalho árduo, valorização da liberdade para empreender e coragem para fazer. Esse é o espírito que fez a história de São Paulo e, desde o tempo das bandeiras, expandiu as fronteiras do território e da economia do Brasil.

Esse espírito foi a marca da Revolução Constitucionalista de 1932, da qual herdamos um legado de valores e disposição para a luta democrática. Em São Paulo foram construídos a indústria de ponta, as melhores estradas, um agronegócio pujante, polos médicos, científicos e tecnológicos de excelência internacional.

As decisões deste estado em tempos históricos e atuais reafirmam o compromisso de liderar o processo de retomada econômica do país. São Paulo precisa ajudar o Brasil a crescer.

Por isso buscamos a construção de convergência com o governo do presidente Jair Bolsonaro, em apoio às reformas estruturantes, indispensáveis para o crescimento nacional.

Nossa terra é feita por brasileiros e gente de todas as origens, disposta a trabalhar por seus sonhos, acreditando no esforço e no mérito.

Os brasileiros de São Paulo, de todas as origens, entre eles meu pai, nascido na Bahia, fizeram e fazem sua pujança. E têm direito a serviços públicos de qualidade, com presteza e eficiência.

Nossas iniciativas serão voltadas para combater o crime, eliminar a burocracia, fortalecer a infraestrutura, ampliar a mobilidade, valorizar o ensino, facilitar o acesso à saúde, estimular o empreendedorismo e multiplicar oportunidades de emprego e renda.

Tolerância zero contra a criminalidade será a marca da segurança pública, como exigem as pessoas de bem. Começaremos criando mais unidades do Baep (Batalhão de Ações Especiais). É o padrão Rota sendo expandido para todas as regiões do nosso Estado. Em outra frente, vamos criar os Deics regionais, para reforçar a investigação e usar a inteligência no combate ao crime. E, com o programa SP + Seguro, colocar a polícia na rua.

Na área de infraestrutura, vamos ativar uma ampla política de concessões, privatizações e parcerias público-privadas, eliminando entraves para um ciclo econômico virtuoso de desenvolvimento e captura de novos investimentos.

Daremos celeridade a projetos estruturantes nas rodovias, incluindo a conclusão das obras da Tamoios, da Mogi-Bertioga e do Rodoanel Norte, artérias de desenvolvimento turístico e econômico. Além disso, colocaremos nos trilhos o tão esperado Trem Intercidades. Sempre com investimento privado.

O padrão Poupatempo será replicado em toda a esfera de serviços estaduais. O foco da Invest SP será incentivar quem emprega e quem se arrisca para abrir ou expandir seus negócios.

Na saúde, implantaremos o programa Corujão, experiência bem-sucedida da gestão paulistana, para reduzir filas de exames e cirurgias. A educação básica será mais bem tratada, bem como a expansão de Etecs e Fatecs, exemplos de ensino técnico de qualidade.

Desenvolvimento é a chave para a justiça social. Vamos olhar para os mais desfavorecidos, os que mais precisam de emprego, renda e cidadania. Essa é a inclusão verdadeira, sem ideologias, sem populismo.

​São Paulo é um estado de superlativos. Nas soluções e nos problemas. Exatamente por isso, os desafios exigem respostas bem planejadas, mas urgentes. E assim faremos. Com uma gestão enxuta, inovadora, focada na eficiência e na transparência.

Como a história ensina, o crescimento de São Paulo é também o desenvolvimento do Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*