Início Notícias do PSDB Com Garcia e Araújo, PSDB-SP dá largada na mobilização das prévias

Com Garcia e Araújo, PSDB-SP dá largada na mobilização das prévias

O presidente estadual do PSDB-SP, Marco Vinholi, coordenou na noite desta quinta-feira (15/07) a reunião que deu a largada na mobilização em favor do governador João Doria nas prévias estaduais. A reunião contou com as presenças do vice-governador Rodrigo Garcia e do presidente nacional do partido, Bruno Araújo.

O encontro recebeu lideranças, prefeitos, vice-prefeitos, ex-prefeitos e vereadores das cidades de Caieiras, Cajamar, Carapicuíba, Franco da Rocha, Francisco Morato e Mairiporã.

Vinholi destacou a importância do momento atual para o Brasil e a necessidade de os tucanos de São Paulo trabalharem unidos em favor do governador João Doria. Ele detalhou a proposta de mobilização da Corrente da Vitória e destacou a importância da mobilização de São Paulo no processo de disputa interna.

O vice-governador Rodrigo Garcia explicou aos presentes as dificuldades encontradas pela atual gestão quando assumiu o Governo do Estado após oito meses de mandato de Marcio França e de todo o trabalho realizado para recolocar o Estado em ordem.

Ele falou ainda sobre as decisões tomadas pelo governador Doria na pandemia, que, de início receberam críticas de alguns setores. “Foi muito difícil esse período. Hoje é mais fácil e daqui a alguns meses será ainda mais porque a verdade vai prevalecendo. Não havia escolha diferente daquela que a gente fez”, disse, se referindo à compra de vacinas e ao Plano São Paulo.

Para Garcia, o PSDB tem bons candidatos nas prévias. “Mas tenho certeza de que o melhor candidato é o governador João Doria. Ele representa hoje a Social Democracia e os anseios da população”, disse, exemplificando com ações do governo no setor econômico e de proteção social.

O presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, afirmou que o processo de prévias será positivo para o partido e resultará num candidato fruto desse processo democrático, do diálogo e da convergência. “Estaremos unidos para oferecer uma saída serena capaz de unir o país e reduzir desigualdades”, afirmou.