Início Notícias do PSDB Lins, Bragança e Holambra se unem em Corrente por Doria candidato

Lins, Bragança e Holambra se unem em Corrente por Doria candidato

Nem o frio da noite desta quinta-feira, a mais gelada deste inverno, conseguiu esfriar o ânimo das lideranças das regiões de Lins e Bragança e da cidade de Holambra pela candidatura de João Doria nas prévias nacionais. Sob o comando do presidente Marco Vinholi e na presença do vice-governador Rodrigo Garcia, eles se reuniram na sede do Diretório Estadual para tratar da mobilização para as prévias nacionais.

A eleição interna será realizada em 21 de novembro e o governador João Doria disputa a indicação do partido como candidato à Presidência da República.

Para Edgar Souza, ex-prefeito de Lins e presidente nacional do Diversidade Tucana, a vitória de Doria nas prévias é vital para o partido e para o país. “Temos uma grande oportunidade de romper essa falsa polarização. Falsa sim porque nossos adversários são mais parecidos que diferentes”, disse.

Ele ressaltou as qualidades dos adversários de Doria nas prévias, mas afirmou que o único com disposição de vencer a disputa e enfrentar a eleição até o fim é Doria. “Não podemos permitir que outras pessoas articulem candidaturas frágeis para, lá na frente, desistir”, disse, concluindo que há grupos interessados que o PSDB não tenha candidatura própria de olho em uma fatia maior do fundo eleitoral para as candidaturas proporcionais.

Para o prefeito de Promissão, Artur Manoel Nogueira, as prévias são fundamentais neste momento. “Somos um time grande e temos de jogar. E o jogo mais importante é este de agora, as prévias”, afirmou, ressaltando a necessidade de mobilização de todas as lideranças.

Para o prefeito de Itatiba, Dr. Thomas, o extremismo encampado pelo PT e por Bolsonaro não representam o país. “A grande maioria quer um país centrado, focado e o representante disso é o governador João Doria”, disse, reforçando a necessidade do esforço individual de cada liderança para a vitória.

“É nossa obrigação trabalhar pela vitória nas prévias. Obrigação porque acompanhamos todos os dias o esforço desse homem público, o que ele faz pelo Estado de São Paulo e a forma como a gestão de Doria e Rodrigo Garcia tem ajudado os municípios a se desenvolverem”, afirmou Luciano Lopes, prefeito de Lindóia.

A prefeita Marcia Achilles, de Guaimbê, reafirmou sua disposição de trabalhar pela vitória de Doria e justificou: “Estou nessa luta porque acredito nesse partido. O Brasil precisa de um homem empreendedor, de um visionário, e um administrador que acredite nesse país e o governador João Doria é tudo isso. Ele fez a diferença para São Paulo, para os prefeitos do interior e fará pelo Brasil”.

O presidente do Núcleo Sindical do PSDB-SP, Gilberto Pereira, o Giba, reforçou a disposição de mobilizar o estado pela vitória nas prévias. “Dizem que o movimento sindical é de esquerda e é verdade. O movimento é porque ganhou muito com isso, mas o trabalhador não é. O trabalhador quer um governo decente, não quer esmola, programinha barato, ele quer escola, saúde, trabalho. O PSDB governou e mudou este país e este estado e temos de retomar esse trabalho em favor dos brasileiros”, disse.

Segundo a secretária Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Célia Leão, é preciso dar um basta nesse governo. “Uma pessoa mata outra e vai presa. Nem sei o que dizer de quem faz isso com mais de 500 mil”, disse, se referindo às mortes ocasionadas pela Covid-19 no país.

Para ela, é preciso vencer as prévias para tornar Doria o candidato à Presidência do PSDB. “Doria não brinca em serviço, não deixa para depois. Ele trabalha, é firme e tem um coração de ouro”, disse, ressaltando o compromisso dos tucanos de São Paulo em trabalhar por seu nome nas prévias até novembro.

“O PSDB teve, desde sua fundação, um papel fundamental na consolidação da nossa democracia, disputando sempre a Presidência da República e apresentando nossas propostas. Hoje temos no governador João Doria uma candidatura para valer, com uma bandeira importante que é a vacina, assim como foi o Real para o presidente Fernando Henrique Cardoso”, afirmou Marco Vinholi, presidente Estadual do PSDB-SP.

De acordo com o vice-governador Rodrigo Garcia, as prévias são o momento do diálogo interno e a disputa, por se dar entre membros do partido, é em um nível elevado. “É uma oportunidade única para o debate de ideias e um desafio imenso porque a disputa se dá entre os melhores”, disse.

Para Garcia, o Brasil vive em um momento de retrocesso e o governo Bolsonaro perdeu todas as oportunidades de reformar o país. “Ele não fez nada além do que já estava em andamento no governo Temer. E pior, fez tudo o contrário do que disse na campanha eleitoral. Esse presidente nos fez voltar 20, 30 anos atrás”, afirmou, ressaltando a necessidade e o compromisso de trabalhar pela vitória de Doria nas prévias e garantir ao PSDB um candidato com força para disputar as eleições.