Início Notícias do PSDB Após incentivo do Estado, LATAM anuncia novos voos para 10 destinos

Após incentivo do Estado, LATAM anuncia novos voos para 10 destinos

Decisão da empresa ocorre graças ao Governo anunciar redução do ICMS da QAV (Querosene de Aviação) de 25% para 12%. Como contrapartida, companhias aéreas precisam investir no setor no estado de São Paulo

O Estado de São Paulo está mais conectado com o Brasil. Isso porque foi anunciado nesta quinta-feira (11), no Palácio dos Bandeirantes, que a LATAM passará a operar 11 voos diários de Guarulhos para 10 destinos, totalizando 78 novas frequências. Essa ação foi possível graças à decisão do Governador João Doria de reduzir o imposto do ICMS da QAV (Querosene de Aviação) de 25% para 12%, tendo como contrapartida das companhias aéreas investimento do setor no território paulista. Batizado de São Paulo Para Todos, este é um programa de incentivo ao desenvolvimento e ampliação da malha aérea paulista.

A desoneração fiscal possibilitou que a companhia apresentasse um aumento de partidas de São Paulo (capital) para Manaus, Salvador, Navegantes, Foz do Iguaçu, Cuiabá, Confins, São Luís, Recife e Rio de Janeiro (Santos Dumont e Galeão).

“Foi uma decisão inédita e corajosa, que atendeu a um pedido que já era feito há ao menos uma década pelas aéreas”, declara o Governador João Doria. “Em nossa gestão, o papel do Estado vai sempre ser o de indutor de grandes investimentos privados em infraestrutura. Quem ganha com isso é a população, que terá acesso a novos voos em diferentes cidades”, acrescenta.

Após apresentar, no final de março, os municípios paulistas de Barretos e Franca como destinos de novos voos da GOL, agora a LATAM apresenta seu plano para desenvolver um quadro maior de passageiros circulando pelo país.

O secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Vinicius Lummertz, demonstrou o quanto é importante para o turismo esse crescimento. “Avião repleto de passageiros é sinônimo de prosperidade tanto para a cidade que sedia os aeroportos, quanto para as outras localidades do entorno”, reforçou o titular da Pasta.

São Paulo Pra Todos

A despesa das empresas aéreas com combustível chega a até 40% de todo o custo operacional de cada voo. Com o barateamento do ICMS cobrado sobre o querosene de aviação, o Governo paulista pediu contrapartidas para aumentar o fluxo de pousos e decolagens nos aeroportos do estado, principalmente em cidades que ainda não eram atendidas por linhas comerciais regulares.

Pelo acordo firmado em fevereiro, o setor aéreo se comprometeu a criar 70 novos voos e 490 partidas semanais, aumentando a oferta de destinos em todo o país. Ao todo, as novas frequências vão atingir aeroportos de 38 cidades em 21 estados. A desoneração tributária terá efeito a partir de 1º de junho e será compensada pelo impacto econômico gerado pelas contrapartidas.

Para receber os novos voos, os aeroportos passarão por adequações para operação de voos comerciais regulares. O processo tem prazo máximo estimado de 180 dias. Depois, as duas cidades contarão com voos periódicos de ida e volta a São Paulo de três a cinco vezes por semana, em aeronaves com capacidade para 138 passageiros.