Início Bancada Delegacia de Defesa da Mulher de Sorocaba passa a funcionar 24 horas

Delegacia de Defesa da Mulher de Sorocaba passa a funcionar 24 horas

Nesta quarta-feira (30), o governador João Doria inaugurou o atendimento 24 horas da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Sorocaba, no interior do Estado. A cerimônia também contou com a participação do secretário da Segurança Pública, general João Camilo Pires de Campos.

A unidade passa a ter o funcionamento durante o dia inteiro. Atualmente, a DDM da região funciona em um imóvel locado pelo Governo do Estado. Para atendimento 24 horas por dia, além do efetivo lotado, haverá o reforço de oito policiais, que serão realocadas de outros espaços.

Vale destacar que a delegacia beneficia os mais de 644,9 mil habitantes da cidade. O edifício está situado em um terreno de 432 m², com área construída de 723 m² e 24 salas distribuídas em três andares, além de duas celas.

Produtividade

No ano passado, a DDM de Sorocaba registrou 3.228 boletins de ocorrência. No mesmo período, foram instaurados 834 inquéritos policiais, expedidas 535 medidas protetivas e realizadas 194 prisões, sendo 119 pela lei Maria da Penha.

Durante a terceira reunião do secretariado, o governador João Doria reafirmou o compromisso da abertura de 40 Delegacias de Defesa da Mulher por 24 horas em sua gestão.

Além da DDM de Sorocaba, a ampliação do atendimento ininterrupto em unidades da região de Santos e da zona norte da capital paulista também está prevista para o próximo mês. A escolha das unidades é feita a partir de estudos e planejamento estratégico.

Unidades

São Paulo é o Estado pioneiro no combate à violência contra a mulher e conta com 133 DDMs (nove na capital, 16 na Grande São Paulo e 108 no interior). A 1ª DDM da capital passou a funcionar 24 horas desde 2016. As demais unidades prestam atendimento de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h.

Além disso, todas as delegacias do Estado seguem o Protocolo Único de Atendimento, que estabelece um padrão para melhor acolher casos de violência contra a mulher. Todos os policiais são capacitados, uma vez que os cursos de formação contemplam disciplinas direcionadas ao tema.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*