Início Bancada Doria realiza nova reunião com familiares de vítimas de Paraisópolis

Doria realiza nova reunião com familiares de vítimas de Paraisópolis

Governo de São Paulo reiterou seu compromisso de transparência para as investigações em andamento

 

O Governador João Doria recebeu mais uma vez os familiares de vítimas no último dia 1º em um baile funk na comunidade de Paraisópolis, na Zona Sul da capital. Doria reafirmou o comprometimento do Governo de São Paulo para que as investigações das mortes sejam transparentes e rigorosas, com acompanhamento de órgãos independentes de fiscalização, como o Ministério Público e a Defensoria Pública.

“A reunião foi para escutar as famílias, mostrar a postura do Estado, o que estamos fazendo e pretendemos fazer. A palavra principal da reunião foi respeito, transparência e providências que o Estado deve tomar. As providência agora são de transparência, de respeito ao luto das famílias e de programas que vão atender à necessidade das comunidades”, disse a Procuradora Geral do Estado, Lia Porto Corona.

Participaram da reunião os secretários da Segurança Pública (General João Campos), Desenvolvimento Social (Célia Parnes), Desenvolvimento Econômico (Patrícia Ellen), Habitação (Flávio Amary), Casa Militar (cel. Walter Nyakas Jr.), Secretaria Particular (Wilson Pedroso) e Comunicação (Cleber Mata), além do Secretário Executivo de Governo (Nelson Baeta), Diretor Executivo do Fundo Social de São Paulo (Augusto Ramos), Primeira Subdefensora Pública Geral (Juliana Beloque), Coordenadora do Núcleo Especializado da Infância e Juventude (Ana Carolina Schwan) e o Diretor do Balé da Cidade de São Paulo (Ismael Ivo).

Políticas Públicas

Uma comitiva de secretários estaduais e municipais de São Paulo se reuniram nesta segunda-feira (9) com representantes de moradores da comunidade de Paraisópolis para tratar das demandas da população local para ações do Poder Público. O encontro foi realizado na União dos Moradores e do Comércio de Paraisópolis.

Foram reunidas as reivindicações e criados seis grupos temáticos que vão desenvolver propostas de políticas públicas nas seguintes segmentos: Educação; Cultura – que envolve também Lazer e Esportes -; Desenvolvimento Social – com Assistência Social e Justiça -; Habitação e Infraestrutura; Saúde e Primeira Infância; e Emprego e empreendedorismo.

“É um feito inédito. Nós temos aqui quinze secretários. Contando presidentes de autarquias, nós somos 20 representantes do Governo e da Prefeitura ouvindo as demandas da população. Hoje foi um dia de ouvir. Nós vamos trabalhar em comissões técnicas nos próximos dez dias para retornar com um programa para atender Paraisópolis e que provavelmente vai ser utilizado para atender outras comunidades”, disse Patrícia Ellen, Coordenadora do grupo de secretários estaduais e Secretaria de Desenvolvimento Econômico.

Também participaram do encontros os secretários estaduais Rossieli Soares (Educação), José Henrique Germann (Saúde), Célia Parnes (Desenvolvimento Social), Wilson Pedroso (Secretário Particular e Chefe de Gabinete do Governador), Sérgio de Sá Leitão (Cultura e Economia Criativa), Flávio Amary (Habitação) e Paulo Dimas Mascaretti (Justiça e Defesa da Cidadania), além de Luiz Ricardo Santoro (Secretário Executivo de Infraestrutura e Meio Ambiente), Paulo Massato Yoshimoto (Diretor Metropolitano da Sabesp) e Augusto Ramos (Diretor Executivo do Fundo Social de São Paulo). A comitiva municipal era formada de nove secretários.

Os representantes do moradores foram liderados por Gilson Rodrigues, presidente da União de Moradores de Paraisópolis, e contou com comerciantes, professores e líderes religiosos.