Início Notícias do PSDB Doria rebate pronunciamento de Bolsonaro: faltou verdade

Doria rebate pronunciamento de Bolsonaro: faltou verdade

O governador João Doria rebateu, na noite desta terça-feira, o pronunciamento em rede nacional de TV do presidente Jair Bolsonaro. Nele, Bolsonaro tentou reescrever a história de sua atuação na pandemia ao afirmar, por exemplo, que sempre defendeu a vacinação. “Faltou vergonha. E faltou verdade.”, afirmou o governador ao fim do discurso do presidente.

Para o governador, o discurso de Bolsonaro é uma afronta às vítimas da Covid-19 e à inteligência dos brasileiros. “Enaltece as doses de vacinas já aplicadas, mas esquece de dizer que 80% são do Butantan. As mesmas vacinas que ele recusou e desqualificou em 2020”, disse Doria.

Doria afirmou ainda que faltou o presidente se desculpar pelo negacionismo, “que deixou desprotegidos 300 mil brasileiros que perderam a vida”, afirmou. “Esqueceu que parte dessas lamentáveis vítimas tomaram remédios sem eficácia, promovidos pelo presidente negacionista”, disse em referência ao fato de Bolsonaro praticamente ter se tornado garoto-propaganda da cloroquina, comprada aos milhões pelo governo num claro desperdício de tempo e dinheiro público e cuja eficácia contra a Covid já foi descartada.

Além disso, o governador ressaltou o fato do presidente ter desdenhado dos doentes e daqueles que adotaram medidas sanitárias para evitar a contaminação. “Bolsonaro também esqueceu que chamou de maricas pessoas que usavam máscaras e de covardes os que escolheram proteger suas famílias. O Brasil precisa de mais vacinas e menos mentiras. E doses de humildade ao presidente, para reconhecer seus erros e cuidar do povo brasileiro”, finalizou.

O presidente estadual do PSDB-SP, Marco Vinholi, também criticou a fala de Bolsonaro. “O mesmo Bolsonaro da gripezinha e da ‘vachina do Doria’ acaba de fazer pronunciamento em rede nacional se autoproclamando o pai da vacina. Enquanto isso, nas janelas de São Paulo, os gritos relembram um país que passa de 3 mil mortes em um único dia”, afirmou.

O PSDB Nacional também se manifestou sobre o pronunciamento do presidente. “Em meio a panelaços e sob a sombra do número recorde de 3.251 mortes no dia de hoje, o presidente Jair Bolsonaro tentou, em rede nacional de televisão, reescrever sua desastrada atuação no enfrentamento da covid. Falou como se fosse ponderado e racional ao lidar com a pandemia”, iniciou o partido.

“É apenas uma tática de quem está acuado pelos fatos. O brasileiro não vai esquecer as inúmeras vezes em que os presidente debochou dos doentes, dos mortos, da vacina e sempre propôs soluções arbitrárias para não dizer absurdas ao problema. O Bolsonaro da TV hoje, contido e ponderado não é o real.”, finalizou a nota.