Início Notícias do PSDB Doria visita Hospital de Campanha na capital

Doria visita Hospital de Campanha na capital

O governador João Doria esteve nesta quinta-feira no Hospital de Campanha de COVID-19 da zona Norte, na capital, para inspecionar as instalações e homenagear os profissionais de saúde.

“A COVID-19 já matou quase mil profissionais da saúde no Brasil, então, visitar este hospital é um ato de reconhecimento ao esforço dos nossos heróis, que seguem na linha de frente, se arriscando diariamente, e salvando vidas”, afirmou o Governador João Doria.

O Hospital de Campanha de COVID-19 da zona Norte foi ativado neste mês para expandir a capacidade de atendimento diante do aumento das internações. O serviço possui 50 leitos, somando 20 de UTI adulto e 30 de enfermaria.

A unidade começou a receber os primeiros pacientes na terça-feira (15) e já registra 100% de ocupação em ambos os setores. Os pacientes são recebidos a partir de transferências intermediadas pela Cross (Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde).

A assistência aos pacientes com quadros respiratórios graves é garantida por meio de equipe multidisciplinar completa, contando diariamente com 14 médicos, 2 enfermeiros coordenadores, 6 enfermeiros assistenciais, 30 técnicos de enfermagem, 6 fisioterapeutas e 3 auxiliares administrativos. Para manutenção do serviço, a Secretaria de Estado da Saúde está investindo R$ 1,1 milhão por mês, por meio de convênio vigente até julho.

Este é um dos 12 hospitais de campanha anunciados em março pelo Governo de SP para enfrentar o aumento de casos e internações nesta segunda onda da pandemia.

A ativação dos leitos ocorreu após adaptação estrutural e assistencial no prédio do Hospital do Homem da Zona Norte, que já possuía 30 leitos de enfermaria e 10 de UTI. Os novos 10 leitos de UTI que agora atendem COVID-19 foram instalados no centro cirúrgico, após adaptação do espaço.

A medida foi possível porque a demanda cirúrgica e de Terapia Intensiva de saúde do homem foi absorvida pelo Hospital Geral de Vila Nova Cachoeirinha, que passou a dedicar à Urologia três de suas seis salas do centro cirúrgico.

Além do hospital de campanha, o prédio abriga ainda o Ambulatório de Urologia, que realiza mensalmente cerca de 1 mil consultas e de 120 cirurgias, incluindo casos de câncer de próstata e procedimentos de RTU (Ressecção transuretral), entre outros de menor complexidade.