Início Notícias do PSDB Em Belém, Doria prega união da 3ª Via e pacificação do país

Em Belém, Doria prega união da 3ª Via e pacificação do país

Tucano inicia pelo Norte do país a sua jornada de visitas aos estados brasileiros

Pré-candidato do PSDB na disputa pela Presidência da República, João Doria afirmou em Belém, capital do Pará, que a busca por viabilizar a união dos chamados partidos de centro democrático segue firme: “Chegamos até aqui fortalecendo, torcendo e dialogando. Tivemos indícios essa semana de que provavelmente o União Brasil caminhará solo e não fará mais parte da terceira via. Isso não muda nossa decisão, nosso destino, de prosseguir nossa campanha. E prosseguir com o PSDB e prosseguir dialogando com o MDB”, disse o presidenciável.

Na capital paraense Doria esteve acompanhado de Nilson Pinto, presidente estadual do PSDB, e também pelo pré-candidato da legenda tucana ao Senado, Manoel Pioneiro.

Doria prometeu em sua próxima viagem ao Estado visitar a Ilha de Marajó e conhecer mais de perto a cultura de manejo de produtos derivados dos búfalos, como leite e queijos, e o potencial turístico da região. Como ex-presidente da Embratur, agência brasileira de promoção e fomento do turismo, Doria é um grande entusiasta da economia advinda do setor e do aumento do nível de profissionalização da área.

“O turismo será sim promovido de forma mais intensa e respeitosa, promovendo a cultura e as comunidades locais, ribeirinhas. Incentivando o artesanato de altíssima qualidade da arte marajoara”.

Agenda Brasil

Ainda na coletiva de imprensa que aconteceu em um hotel na Avenida Nossa Senhora de Nazaré, Doria prometeu visitar todos os estados brasileiros para conhecer mais de perto os diferentes problemas e soluções de cada região.

“Começamos a campanha no Norte do país aqui pelo Pará. E daqui começa a marcha pelo Brasil. Vou visitar todos os Estados brasileiros”, afirmou.

“Os brasileiros são capazes de reconhecer os problemas – e não são poucos – de um país que tem 30 milhões de pessoas em situação de pobreza”, disse Doria.

Visita a Basílica

Durante a manhã, João Doria esteve na Basílica Santuário de Nossa Senhora de Nazaré, ao lado do presidente estadual do PSDB e deputado federal, Nilson Pinto.

Na saída do santuário, Doria caminhou pelas ruas, conversou com vendedores ambulantes e cumprimentou apoiadores.

No período da tarde, Doria visitou a Ilha do Combu, onde visitou famílias ribeirinha que moram na região. Ouviu relatos dos moradores como de Rose Barros, 34 anos, que falou sobre a perda de poder de compra e a inflação. “O drama do brasileiro. O alimento de cada dia está muito caro”, disse Rose. João Doria concordou: “tudo aumentou. A cesta básica aumentou em média 40% em dois anos. O pobre perdeu a renda e aumentou o custo de vida. Mas o Brasil tem solução. A gente tem que regaçar as mangas e ajudar o Brasil”, disse o tucano.

Após a visita à capital paraense, Doria retorna a São Paulo onde amanhã, sábado, cumprirá agenda em um seminário de capacitação política do PSDB Mulher na capital.