Início Notícias do PSDB Em primeiro debate Doria ressalta política para mulheres e propostas de Emprego,...

Em primeiro debate Doria ressalta política para mulheres e propostas de Emprego, Educação e Segurança

Na sua primeira participação em um debate nas prévias do PSDB, o governador João Doria explicitou a valorização das políticas públicas voltadas às mulheres e apresentou sua propostas para Educação, Saúde e Segurança Pública. O tema das mulheres foi o primeiro abordado por Doria durante o debate OGlobo/Valor, uma demonstração clara da importância que o tema tem para o governador. Doria disputa a indicação do PSDB com o governador gaúcho Eduardo Leite e o ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio.

Entre os programas citados por Doria, estavam as Delegacias 24 horas, o Dignidade Íntima (de distribuição de absorventes para meninas e mulheres em situação de vulnerabilidade), o Empreenda Mulher e o SOS Mulher (para atendimento policial às mulheres vítimas de violência). “Em São Paulo valorizamos a mulher”, disse Doria.

O governador ressaltou a importância da Educação como programa prioritário para o desenvolvimento do país e citou como exemplo de política pública para o setor o grande investimento que São Paulo está fazendo para ampliar o Ensino em Tempo Integral, que conta hoje com 2030 escolas. “Educação também é uma forma de política de redução de desigualdade”, justificou.

Doria frisou a necessidade de estabelecer políticas sociais concomitantemente às de desenvolvimento econômico. “Impossível estabelecer perspectiva de crescimento sem combate à desigualdade e é o que temos feito em São Paulo”, disse, citando os alguns dos programas sociais do Governo paulista como o Bolsa do Povo, Alimento Solidário e o  Vale Gás, todos voltados a atender famílias em situação de vulnerabilidade social. “Temos 30 milhões de brasileiros em situação de pobreza ou extrema pobreza e o PSDB tem uma responsabilidade histórica na sua social democracia”, disse.

O governador João Doria, que exerceu papel fundamental para o início da vacinação conta a Covid no Brasil, afirmou que sabia que enfrentaria resistências ao comprar a briga com o governo federal e sua política negacionista. “Eu não deleguei a ninguém. Assumi essa responsabilidade mesmo sabendo que perderia popularidade”, afirmou, destacando os efeitos positivos dessa atitude para o avanço da vacinação em São Paulo e no Brasil.

“Fiz aquilo que era o meu dever fazer, não apegado ao populismo ou à popularidade, mas sim à vida, à saúde e a ciência e sobre isso não tenho nenhum arrependimento” – João Doria

 

PRÉVIAS E ELEIÇÕES

Doria reafirmou durante o debate sua convicção no papel democrático e unificador das prévias, destacando a possibilidade de o partido, ao debater internamente, ampliar seu entendimento sobre as necessidades nacionais assim como suas respectivas soluções. “Eu sou filho das prévias”, disse. “Prévias não dividem, não fracionam. Prévias unem, prévias somam, agregam e fortalecem o conhecimento dos problemas do Brasil e as soluções”, disse.

Nas duas vezes em que foi candidato a um cargo eletivo, Doria disputou e venceu prévias. A primeira delas em 2016, quando foi o candidato tucano à Prefeitura de São Paulo e venceu, de maneira histórica, a disputa eleitoral no primeiro turno derrotando o petista Fernando Haddad, então prefeito. Ele também disputou prévias (e venceu) para ser candidato ao Governo de São Paulo, em 2018, quando, posteriormente, também venceu as eleições.

Doria afirmou que, caso fosse Presidente, colocaria fim às emendas secretas instituídas pelo Governo Bolsonaro e pelo Congresso Nacional. “Hoje temos um governo refém do Congresso Nacional”, afirmou, destacando a necessidade de respeito entre os Poderes e também a atribuição do Governo Federal, esse sim eleito para definir as políticas públicas.