Início Destaque Lateral Home Governo de São Paulo investe em ciclovias

Governo de São Paulo investe em ciclovias

O Governo do Estado de São Paulo apoia como meio de transporte a bicicleta por ser mais rápida, eficiente e não polui o meio ambiente. Além disso, colabora para a qualidade de vida da população. Um dos exempos mais expressivos é o Plano Cicloviário Metropolitano, uma grande ciclovia que unirá oito municípios da Região Metropolitana de São Paulo, incluindo a capital. O plano prevê a construção, até 2014, de 13 km para a utilização exclusiva de bicicletas em Guarulhos, Santa Isabel, Itaquaquecetuba, Mogi das Cruzes, Poá, Ferraz de Vasconcelos e Suzano.

A ciclovia terá como destino terminais de trens e ônibus, universidades e centros comerciais. Com este equipamento, a estimativa é que o uso da bicicleta em São Paulo possa superar 4% de todas as viagens diárias realizadas.

A capital já conta com 19 quilômetros de pista para bicicletas na ciclovia do Rio Pinheiros, paralela à Linha 9-Esmeralda (Osasco – Grajaú). Com cinco novos quilômetros entregues em fevereiro de 2012, essa ciclovia é a maior pista urbana fora de parques. Desde a sua inauguração, a via já recebeu cerca de 500 mil ciclistas.

E ao longo da Linha 3-Vermelha do Metrô, há a ciclovia Caminho Verde, com 12,2 km de extensão ligando as estações Corinthians-Itaquera e Tatuapé. Outra ciclovia importante, que também está sendo ampliada, liga o Parque Ecológico do Tietê ao Parque Jacuí, com 15 km de extensão.

Bicicletários

Os adeptos da bicicleta também contam com os bicicletários nas estações de transporte coletivo. São 45 em operação, sendo 16 no Metrô, 23 nas estações da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) e 6 nos pontos da Empresa Metropolitana de Transportes Urbanos (EMTU). Juntos, oferecem 8.281 vagas. Os usuários podem, inclusive, usar as bicicletas dentro do Metrô.