Início Notícias do PSDB Governo de SP inicia ‘Corujão da Saúde’ no Hospital Sírio Libanês

Governo de SP inicia ‘Corujão da Saúde’ no Hospital Sírio Libanês

Juntamente com outras 24 entidades, hospital foi habilitado para contratação de exames previstos na primeira fase do programa na Grande São Paulo, Campinas e Vale do Paraíba

O Governador João Doria e o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira, participaram, nesta quinta-feira (07), do início do atendimento pelo Hospital Sírio Libanês para realização de exames do “Corujão da Saúde”.

A partir desta data, além do Sírio, outros oito serviços da Grande São Paulo, oito de Campinas e oito do Vale do Paraíba foram credenciados pela Secretaria de Estado da Saúde para agilizar o diagnóstico e tratamento de pacientes que aguardam exames na rede pública de saúde.

As unidades foram selecionadas e habilitadas mediante convocação pública, e poderão ofertar exames de mamografia, ultrassonografia e endoscopia a pacientes dessas três regiões, abrangidas na primeira fase do programa.

“O princípio básico (do programa) é que aconteça em horários que tenha menos demanda nas salas de exames dos hospitais que fazem parte do ‘Corujão’, privados e públicos. Você tem a disponibilidade das salas de exames e de técnicos e são exames que levam de 10 a 15 minutos no máximo”, destacou Doria.

Na Grande São Paulo, participam também o Albert Einstein, HCor, Doutor Ghelfond Diagnóstico Médico, Centro Ultrassonografico, UCD Ultrassonografia Centro de Diagnóstico, EL Diagnósticos, ZDI Diagnóstico por Imagem Ltda, todas localizadas na Capital, e o Centro Radiológico Andreense que fica em Santo André.

Na região de Campinas foram habilitados o Hospital Vera Cruz, S.A., no município de Campinas; o Hospital Universitário São Francisco na Providência de Deus e Unimagem – Unidade de Diagnósticos por Imagem São Francisco de Assis, em Bragança Paulista; o Hospital Santa Bárbara, de Santa Bárbara D’Oeste; a Santa Casa Anna Cintra, em Amparo; a Santa Casa de Misericórdia de Cosmópolis; o Arkhad Laboratório Médico, de Santo Antônio da Posse; e a Unimagem – Unidade de Diagnósticos por Imagem São Francisco de Assis, unidade do município de Atibaia.

Já no Vale do Paraíba as unidades privadas participantes do programa são a Clínica Radiológica Dr. Rene Moura e Pró-Imagem Exames Complementares, de Taubaté; Irmandade da Santa Casa de Misericórdia de São José dos Campos; WK Diagnose e Clínica Pró-Saúde, de Campos do Jordão; Clínica Santa Rosa, de Lorena; LNA CRZ Diagnósticos Médicos e Instituto Santa Rosa, de Cruzeiro.

Os pacientes serão comunicados sobre data e horário dos exames pela equipe da Cross (Central de Regulação e Oferta de Serviços de Saúde).

“O ‘Corujão’ é um compromisso do Governo de São Paulo que visa aprimorar a saúde pública. Com a otimização da rede própria e com as parcerias com serviços privados, garantimos a detecção precoce de doenças e o acesso aos procedimentos diagnósticos e terapêuticos, com foco no atendimento ágil e de qualidade”, afirma o Secretário de Estado da Saúde, José Henrique Germann Ferreira.

Os atendimentos extras do ‘Corujão’ estão em andamento desde fevereiro, em hospitais e AMEs (Ambulatórios Médicos de Especialidades) da rede própria de saúde, por meio da otimização dos serviços e fluxos de agendamento. Uma nova convocação pública será publicada nesta quinta-feira, 7 de março, para selecionar outros serviços privados interessados em participar.

As três regiões abrangidas neste momento totalizam uma demanda reprimida de 155.243 exames, somando 50.627 na Grande São Paulo, 73.138 na região de Campinas e 31.478 exames no Vale do Paraíba.