Início Notícias do PSDB Izabel representa PSDB-Mulher na apresentação do plano de governo de Alckmin

Izabel representa PSDB-Mulher na apresentação do plano de governo de Alckmin

Na manhã desta sexta-feira (10), o candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, apresentou para a candidata a vice-presidente, senadora Ana Amélia, todos os colaboradores e profissionais que estão trabalhando em seu plano de governo, sob a coordenação de Luiz Felipe D’ávila. Representando o PSDB-Mulher, a presidente de honra, Solange Jurema (AL) e a líder do secretariado paulista, Izabel Lorenzetti (SP), participaram do evento e puderam falar sobre a contribuição do segmento feminino para as diretrizes gerais da administração tucana.

Durante a reunião, Ana Amélia pediu a Geraldo Alckmin um governo com mais de 30% dos cargos ocupados por lideranças femininas. “Um pedido: eu quero muitas mulheres na administração federal. Eu sei que o senhor vai valorizar, porque ao me convidar, o senhor está empoderando as mulheres nas decisões mais importantes da vida do país”, reforçou.

Solange Jurema elogiou o clima da reunião e enalteceu o esforço que cada profissional está fazendo para melhorar a vida dos brasileiros. “A reunião foi maravilhosa. Participaram todos os coordenadores de cada área do programa de governo. Pude ver a competência da equipe e a vontade de fazer o Brasil ficar melhor, a vontade de trabalhar, de fazer o país crescer”, disse Solange Jurema (AL).

A presença de Ana Amélia foi exaltada pela tucana, que enumerou as vantagens de tê-la na chapa presidencial ao lado de Alckmin. “A chegada da senadora Ana Amélia só trouxe benefícios. Por ela ser mulher, por ela ser comunicadora, por ela vir da área de agronegócios, que é uma área fortíssima no Brasil, por ela ser uma mulher sensível e preparada, foi uma grande conquista para nós todos”, completou.

Solange destacou a prioridade que Alckmin dará para a Educação no Brasil. Segundo ela, foi dito na reunião que as crianças e adolescentes terão uma atenção especial da administração federal.

“Alckmin disse que a Educação deixará de ser só retórica, deixará de ser só discurso. Pela primeira vez ele está colocando a educação como uma das grandes prioridades e impulsora do desenvolvimento. Se a gente não tiver educação de qualidade, as pessoas não têm as mesmas oportunidades. Eu que sou nordestina, por exemplo, sei que o meu povo só vai ter oportunidade se tivermos acesso à educação”, avaliou.

Transversalidade

Em seu discurso, Izabel Lorenzetti (SP) disse que os assuntos relacionados às questões de gênero não podem ser tratados de forma isolada, e sim levando em consideração o recorte feminino em todas as áreas de atuação.

“Disse que as questões pertinentes às mulheres estão em todas as áreas, desde economia, cultura, agricultura, direitos humanos, entre outros. Falei também do esforço do PSDB-Mulher em alinhar a pauta feminina aos eixos elencados por Luiz Felipe D’ávila. Organizamos este documento e entregamos hoje. Alckmin pediu para que nós começássemos a trabalhar as questões das metas e ações”, explicou.

A tucana paulista elogiou a fala de Ana Amélia ao final do encontro e reiterou sua admiração pela senadora. “Ela teve uma fala que foi sensacional mostrando o porquê veio, relatando a confiança que tem no Alckmin. Ana também deu sugestões e sugeriu ao candidato à Presidência que sua equipe deveria ter mais de 30% de mulheres. Alckmin disse que terá mais”, comemorou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*