Início Destaque Lateral Home Medida da Segurança melhora atendimento à vítima de crime

Medida da Segurança melhora atendimento à vítima de crime

A determinação da Secretaria de Segurança Pública do Estado de que os procedimentos de emergência sejam prestados por serviços especializados, como o Samu e o Corpo de Bombeiros, melhora o atendimento às vítimas de crimes violentos. De acordo com o secretário Fernando Grella Vieira, “o objetivo principal é salvar vidas, é garantir que o cidadão vai ser bem atendido”.

O secretário destacou ainda que a perícia e a investigação serão facilitadas. “Em segundo lugar, [a medida pretende] preservar o local do evento, para saber se houve ou não houve crime e em que circunstâncias”, explicou.

Grella Vieira destacou que os policiais podem prestar os primeiros-socorros até a chegada do serviço de emergência. “Se o policial vir uma pessoa baleada gravemente ferida, ele até poderá prestar um atendimento no local sem prejuízo do dever de acionar o Samu ou o Resgate”, disse.

A resolução da Secretaria de Segurança não inclui os bombeiros, que também são policiais militares. “Os bombeiros não estão incluídos nesta restrição porque eles têm uma formação de salvar e socorrer pessoas”, destacou o secretário.

A resolução prevê ainda que sejam alterados os registros de ocorrências derivados de confronto com a polícia. Seguindo uma recomendação do Conselho de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana, os boletins não utilizarão mais os termos “resistência seguida de morte” ou “auto de resistência”. As ocorrências serão registradas como “morte decorrente de intervenção policial” ou “lesão corporal decorrente de intervenção policial”, permitindo investigação posterior do caso.