Início Artigos Na teoria, a prática do PT é outra

Na teoria, a prática do PT é outra

Quando na oposição, o PT adota discurso que contradiz sua prática. Ataca a privatização, mas privatiza. Condena o fisiologismo, mas loteia a máquina pública entregando cargos a políticos da base aliada.
 
Exemplos recentes vêm estampando manchetes da imprensa nacional. Reportagem da revista “Veja” mostrou gravações do ex-diretor do Banco do Brasil admitindo que o ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, foi o principal articulador da arrecadação financeira para compra de dossiê falso contra o ex-governador José Serra, na eleição de 2006. Outra matéria denunciou participação da ministra Ideli Salvatti (Secretaria de Relações Institucionais) no esquema conhecido como “Dossiê dos Aloprados”. O episódio retorna ao noticiário atingindo mais dois ministros de Estado. O governo deveria acionar a Procuradoria Geral de República e a Polícia Federal e reabrir as investigações. Não é possível que após quase cinco anos, ninguém tenha sido punido num escândalo envolvendo R$ 1,7 milhão de origem desconhecida. Mas não parece que o PT esteja interessado em elucidar a verdade.

A ética pregada nas campanhas parece ser de fachada. Até agora os ministros suspeitos não deram explicações convincentes para o caso.

Outra história mal contada foi a possível ajuda financeira do BNDES, banco público, ao processo de fusão entre Pão de Açúcar e Carrefour.  Alguma coisa está errada. O governo tem dinheiro para empresas privadas, mas não tem para socorrer instituições filantrópicas que prestam serviços aos pacientes do SUS. O cidadão brasileiro que depende da rede pública de saúde sofre na fila, enquanto empresários recebem ajuda para ampliar lucros no mercado. Não dá para acreditar.

Mas este é o jeito do PT. Diz uma coisa na teoria e faz outra na prática. Desrespeito sem tamanho com os que depositaram esperança nas urnas.
 
Pedro Tobias é médico, deputado estadual e presidente do PSDB-SP

FONTE: Diário de SP

1 COMENTÁRIO

  1. Senhores Boa Noite! Excelente artigo! Se dizem que “o Brasileiro tem memória curta” é imperioso lembrar, relembrar, bater nas mesmas teclas de cada um dos escândalos. O Brasil e o Povo Brasileiro não merecem isso, essa sim é a “herança maldita” desse partido que ao meu ver se assemelha a uma quadrilha de assaltantes da nação. Sinto que a síndrome da saúva está se disseminando; ou o Brasil acaba com o pt ou o pt acaba com o Brasil! Porém o mal não vence o bem! Definitivamente, o PSDB reúne as melhores cabeças pensantes para governar o Brasil, precisamos estar cada vez mais junto ao Povo e privilegiar os Diretórios Municipais, pois sem militância aguerrida e consciente não será possível a transformação desse imenso torrão natal chamado Brasil! Obrigada

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*