Início Artigos Projeto Avança Saúde transformará a rede municipal por meio das pessoas

Projeto Avança Saúde transformará a rede municipal por meio das pessoas

Por Edson Aparecido

O empréstimo de US$ 100 milhões conquistado pela Prefeitura de São Paulo junto ao Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com a contrapartida de US$ 100 milhões do município, será responsável por uma importante mudança na qualidade da saúde pública paulistana. Os recursos, que somam aproximadamente R$ 800 milhões considerando o câmbio atual, a serem aplicados ao longo de 5 anos, têm como objetivo a redução das desigualdades de acesso e das diferenças de qualidade dos serviços entre as regiões da cidade e também a melhoria da eficiência da rede, bem como o desenvolvimento das capacidades institucionais.

Mais do que a construção e reforma de cerca de 150 equipamentos de saúde, a aquisição de aparelhos de média e alta complexidade e a implantação de novas tecnologias e metodologias, o fator determinante para a transformação da rede é a capacitação dos profissionais, diretos e indiretos, com foco na melhoria do atendimento prestado ao cidadão. Mais de US$ 4 milhões serão dedicados à identificação de lideranças regionais, formação e capacitação de profissionais e gestores em Saúde.

Inicialmente, 3.625 colaboradores da Saúde municipal serão capacitados para a estruturação, organização e integração das redes locais de atenção à saúde, como também para a utilização dos novos sistemas de informática. Eles serão os multiplicadores do conhecimento que irá alcançar mais de 60 mil profissionais que atuam nos serviços de atendimento à população. O fator primordial é a promoção do conhecimento e o desenvolvimento de habilidades pessoais voltadas à qualidade da atenção à população.

É por meio das pessoas que trabalham na rede, com foco na integralidade da assistência e na promoção à saúde da população paulistana, que se dará a maior transformação promovida pelo Projeto Avança Saúde. Com um corpo técnico qualificado, ampliação e melhor qualidade das instalações e sistemas mais eficazes de gerenciamento, a Saúde de São Paulo passará por uma revolução.

*Edson Aparecido é secretário Municipal da Saúde de São Paulo