Início Bancada Rodrigo libera R$ 351,3 milhões para a região de Ribeirão Preto

Rodrigo libera R$ 351,3 milhões para a região de Ribeirão Preto

O governador Rodrigo Garcia liberou nesta segunda-feira (20) R$ 351,3 milhões em obras e serviços para a região de Ribeirão Preto. Deste total, R$ 105,5 milhões serão destinados à área da Saúde, sendo R$ 43,5 milhões para o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da USP (HCFMRP-USP), R$ 19,5 milhões para o novo Ambulatório Médico de Especialidades (AME), R$ 25 milhões para a Santa Casa de Sertãozinho, R$ 13 milhões para a Santa Casa de Ribeirão Preto e R$ 4,5 milhões para a aquisição de equipamentos para a Beneficência Portuguesa de Ribeirão Preto.

“Nós temos tido uma demanda crescente da população de São Paulo em relação ao tratamento de câncer e o Governo de São Paulo tem feito esforço para abrir novos serviços. O Hospital das Clínicas, cada vez mais, se torna uma referência de combate ao câncer para toda a região”, disse Rodrigo Garcia.

Na ocasião, o governador também liberou R$ 48,8 milhões para melhorias de infraestrutura urbana para os municípios de Barrinha, Brodowski, Cajuru, Cássia dos Coqueiros, Cravinhos, Dumont, Guariba, Guatapará, Jaboticabal, Luiz Antônio, Monte Alto, Pitangueiras, Pontal, Pradópolis, Ribeirão Preto, Santa Cruz da Esperança, Santa Rosa de Viterbo, Santo Antônio da Alegria, São Simão, Serra Azul, Serrana, Sertãozinho e Taquaral.

A agência de fomento Desenvolve SP vai financiar R$ 81 milhões para execução de obras, pavimentação asfáltica e iluminação pública em diversas cidades da região de Ribeirão Preto. Serão R$ 25 milhões para Cravinhos, R$ 5 milhões para Jaboticabal, R$ 30 milhões para Ribeirão Preto, R$ 3 milhões para Dumont, R$ 11 milhões para Pitangueiras, R$ 2 milhões para Serrana e R$ 5 milhões para Sertãozinho.

O Detran.SP vai destinar R$ 15,6 milhões para intervenções viárias na região de Ribeirão Preto, por meio do Programa Respeito à Vida. As obras de melhorias serão executadas em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU).

Para a realização de obras e melhorias de infraestrutura turística serão destinados R$ 4,3 milhões, por meio da celebração de novos convênios com os municípios de interesse turístico de Altinópolis, Brodowski, Jaboticabal, Monte Alto, Santo Antônio da Alegria, São Simão e Sertãozinho.

Saneamento básico

A Sabesp deu início a duas obras de saneamento para Monte Alto, um investimento de R$ 4,2 milhões. Durante o Governo na Área em Ribeirão Preto, Rodrigo Garcia acompanhou o início da implantação e operação de uma usina minigeradora fotovoltaica de 1200 kwp e do Reservatório Elevado Metálico de Câmara Dupla, de 300 mil litros de água, que vai beneficiar os bairros de Vera Cruz e região.

Educação e Habitação

Na área da Educação, Rodrigo Garcia liberou a construção de um novo bloco pedagógico e uma quadra poliesportiva, além de obras de restauro da Escola Técnica Estadual (Etec) José Martimiano da Silva, em Ribeirão Preto. O investimento do Governo do Estado é de R$ 40 milhões. O novo prédio vai abrigar 20 laboratórios (Mecânica, Mecatrônica, Edificações, Ciências e Informática), 18 salas de aula, seis ambientes híbridos (salas de aulas e laboratórios) e espaço para implantação de sala de integração criativa com espaço maker.

A região de Ribeirão Preto foi contemplada com 2,9 mil vagas do Bolsa Trabalho. Os participantes recebem bolsa-auxílio de R$ 540 por até cinco meses para atividades profissionais em órgãos públicos municipais e estaduais durante quatro horas diárias por cinco dias na semana, além de realizarem um curso de capacitação profissional.

Para a ampliação de uma creche em Jardinópolis serão destinados R$ 313,8 mil. A obra será realizada com recursos financeiros do Plano de Ações Integradas do Estado de São Paulo (Painsp). A unidade será beneficiada com duas novas salas pedagógicas.

O governador, na área da Habitação, liberou a construção de mais de 1 mil moradias para famílias de baixa renda dos municípios de Altinópolis, Monte Alto, Ribeirão Preto e Serrana. Serão R$ 7,3 milhões para a construção de 48 casas em Serrana, R$ 3,9 milhões para 147 unidades habitacionais em Altinópolis, R$ 3,7 milhões para 24 unidades em Monte Alto e R$ 21,7 milhões para ajudar as famílias de Ribeirão Preto a quitarem o financiamento habitacional.

Ribeirão Preto será contemplada ainda com uma Fábrica de Cultura 4.0, principal programa de inclusão cultural do país. A unidade receberá um investimento inicial de R$ 5 milhões e terá um custeio anual de R$ 9,6 milhões. Localizada no Complexo Cultural do Morro do São Bento, a fábrica oferecerá 105 cursos, 2,6 mil vagas e 850 atividades de difusão. A previsão é que as atividades iniciem em setembro.