Início Rádio Tucana Alckmin fala sobre habitação e saúde no Conversa com o Governador

Alckmin fala sobre habitação e saúde no Conversa com o Governador

[podcast]http://tucano.org.br/wp-content/uploads/2013/09/Governador.mp3[/podcast]

Nesta edição do programa Conversa com o Governador, Geraldo Alckmin falou sobre habitação. “Nós somos o único Estado brasileiro que coloca 1% do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) para habitação de interesse social”, disse. Quem ganha um salário mínimo pode ter acesso à casa própria, porque o mutuário não vai comprometer mais do que 15% da renda da família.

Só na última semana, o Governo do Estado entregou 101 casas em Borá, o menor município paulista; 120 em Paulicéia e 51 moradias em São João do Pau D’Alho. Todos os conjuntos habitacionais são dotados de infraestrutura com água, esgoto, energia elétrica, iluminação pública, galeria, asfalto, calçada e muro divisório entre as casas.

No litoral, famílias também receberam as chaves da casa própria por meio do Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar, que promove a inclusão social possibilitando moradias e recuperação ambiental e ainda previne tragédias em áreas de risco. Foram entregues 320 unidades em Cubatão, a sexta entrega de casas no mesmo conjunto habitacional, o Parque dos Sonhos, que além de toda infraestrutura terá ainda campo gramado, pista de skate e quadra poliesportiva. Ainda em setembro serão entregues mais 56 moradias no mesmo residencial. Só neste condomínio em Cubatão serão 1.154 casas, com investimento total de R$ 178,8 milhões. O programa todo chegará a 3.500 unidades habitacionais para famílias poderem sair de áreas de risco.

O governador também falou dos convênios para construção de moradias na zona rural em oito municípios na região de Sorocaba. “Nós estamos procurando fixar o homem no campo com dignidade, podendo ter a sua casa própria, com boa qualidade de vida, evitando o êxodo rural”, disse Alckmin. Na primeira ação foram anunciadas 381 moradias nas cidades de Buri, Capão Bonito, Itaberá, Itapeva, Itaporanga, Itararé, Nova Campina e Taquarivaí. São moradias para pequenos agricultores que vivem da agricultura familiar.

Nos últimos anos, os investimentos do Estado no setor habitacional tiveram ritmo crescente. De 2004 a 2006 a média de investimentos realizados era em torno de R$ 600 milhões a R$ 700 milhões por ano. Em 2011 o Estado chegou a R$ 1,3 bilhão por ano. De 2011 até hoje já foram entregues 30 mil unidades habitacionais e o orçamento aprovado para o período 2012-2015 é de R$ 7,9 bilhões. Hoje existem 35 mil apartamentos e casas em obra em 240 cidades do Estado.

Saúde
Nesta edição do programa, Alckmin também falou sobre a iniciativa pioneira na área da saúde que começou a ser implantada no interior, nas Santas Casas: as Unidades de Cuidados Prolongados. O projeto teve início pelas Santas Casas de Pedregulho e Ipuã, na região de Franca, e atua na recuperação de pacientes de longa permanência. Foram criados 42 leitos, 22 em Pedregulho e 20 em Ipuã, com equipes completas pra atender com qualidade e de forma gratuita.

Os leitos são destinados para pessoas que precisam de reabilitação ou adaptação depois de um grande trauma, uma cirurgia ou pacientes idosos que precisam ficar internados por longos períodos. “Nós desafogamos os grandes hospitais e esses pacientes vão para as unidades de cuidados prolongados. Não é um leito social, não pode passar de 90 dias (a internação), é leito de saúde. E não é só para idoso, é para pacientes que precisam de cuidados prolongados”, explicou Alckmin.

Do Portal do Governo do Estado