Início Saiu na imprensa Bolsonaro é inconsequente e isolamento vertical é disparate, diz Serra

Bolsonaro é inconsequente e isolamento vertical é disparate, diz Serra

O senador José Serra (PSDB-SP), que foi ministro da Saúde entre 1998 e 2002, avalia a postura do presidente Jair Bolsonaro diante da pandemia do novo coronavírus como “inconsequente” e vê com preocupação as consequências de o país não considerar a gravidade da doença.

“O presidente foi mal assessorado ao interpretar os dados iniciais dessa doença. Isso o levou a subestimar seus efeitos”, diz em entrevista à EXAME. O senador falou ainda sobre a falta de conhecimento do presidente sobre a realidade brasileira, que vai “além do prisma elitista e preconceituoso que carrega”.

Quando ministro, Serra enfrentou o início do surto de dengue no Brasil. Para ele, a atuação do ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, é técnica e transparente, mas há uma “certa letargia em transformar o diagnóstico e as intenções em ações efetivas”.

Na entrevista, o senador analisou ainda as implicações de uma possível perda de controle da pandemia, que já matou cerca de 300 pessoas no Brasil, e apontou as urgências que a situação inédita de emergência pública de saúde necessita. Leia a íntegra AQUI