Início Notícias do PSDB DEPUTADO ROBERTO MASSAFERA ASSUME SUB-RELATORIA EM CPI AMBIENTAL

DEPUTADO ROBERTO MASSAFERA ASSUME SUB-RELATORIA EM CPI AMBIENTAL

O deputado estadual Roberto Massafera assumiu esta semana a sub-relatoria de poluição do solo da CPI de Contaminação Ambiental, criada recentemente pela Assembléia Legislativa de São Paulo. “É preciso aumentar a rigidez da legislação ambiental e ajudar a Cetesb a fazer o seu trabalho de fiscalização”, adiantou o parlamentar. Os trabalhos da CPI têm até o final deste semestre para terminar.

Segundo Roberto Massafera, a atividade de comercialização de combustíveis é a principal fonte de poluição do solo. “O problema é causado por vazamento dos tanques, que ficam no subsolo e muitas vezes são ignorados, mas existe tecnologia para evitar esse problema”, lembrou Massafera.

A opinião é acompanhada pelo presidente da CPI, deputado Rodolfo Costa e Silva. “São Paulo precisa de uma legislação mais rigorosa, que puna efetivamente os responsáveis pelas contaminações ambientais e evite tanto atraso em relação aos processos de remediação”.

Roberto Massafera disse ainda que os custos para descontaminação são muito altos. O risco de atingir lençóis freáticos ou o próprio Aquífero Guarani colocam o Poder Público em alerta, uma vez que aumenta o custo para tratamento da água e pode, até mesmo, inviabilizar o uso da água para consumo humano.

Regiões – Só no município de Araraquara, segundo dados da Cetesb, foram detectadas 24 áreas de contaminação de solo ou subterrânea em 2008. Três em cada quatro agentes contaminantes eram postos de gasolina. O acompanhamento da Cetesb mostrou um aumento de 70% em relação ao ano anterior, 2007.

Em seis cidades da região (Américo Brasiliense, Boa Esperança do Sul, Matão, Motuca, Ribeirão Bonito e Rincão) o aumento foi de 30%, atingindo 17 áreas contaminadas, sendo 14 sob postos de gasolina. No Estado, o aumento foi de 10% e os postos de gasolina são responsáveis por 78% das contaminações. São Paulo tinha no ano passado 2.514 pontos de contaminação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

*