Início Notícias do PSDB Doria é ovacionado por 4.200 mulheres em evento do PSDB Mulher

Doria é ovacionado por 4.200 mulheres em evento do PSDB Mulher

O encontro aconteceu com representantes das quatro regiões do Brasil. Yeda Crusius, presidente nacional do PSDB Mulher, confirmou apoio ao tucano nas prévias e Doria assinou Carta-Compromisso

 

Na manhã deste sábado, um gigantesco evento que mobilizou cerca de 4 mil e 200 pessoas, em sua maioria mulheres, o Governador de São Paulo, João Doria, foi ovacionado no WTC, na capital paulista. O público, formado por representantes do PSDB Mulher, contava com mulheres das quatro regiões do Brasil: Norte, Nordeste, Sudeste, Sul e Centro-Oeste. De São Paulo, estavam representadas mais de 400 cidades.

“Lugar de mulher é onde ela quiser estar. Aqui no Estado de São Paulo se respeita a mulher. E quem não quiser respeitar, tem a lei. Aqui temos 138 Delegacias da Mulher. E vamos a 150. Criamos o SOS Mulher também, para as polícias protegerem todas”, discursou Doria logo que subiu ao palco.

O governador se comprometeu a assegurar e ampliar os direitos da mulher e as políticas públicas. Citou programas desenvolvidos por ele e sua equipe no Estado de São Paulo, como o Dignidade Íntima, Casa da Mulher, Delegacia Eletrônica, Carretas Mulheres de Peito, Todas In-Rede, além dos programas de crédito e de incentivo ao empreendendorismo e qualificação profissional voltados para elas. Também mencionou programas de atenção aos mais vulneráveis, como o Alimento Solidário e Vale Gás.

“Aqui, lutamos por liberdade, igualdade e democracia para as mulheres do Brasil. Lutamos pela dignidade. Vocês não estarão sozinhas. Estaremos com vocês”, prometeu Doria. O governador destacou que 64% dos cargos diretivos, com força de comando, no governo são comandados por mulheres no Estado de São Paulo.

A principal expoente no encontro, a presidente do PSDB Mulher Nacional, a ex-governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius, falou da sua alegria e motivação de participar de um evento tão representativo. E fez questão de destacar a camisa que as mulheres vestiam no encontro. Na cor roxa, tinha os dizeres: “PSDB com Doria rumo aos 50/50”, numa referência à igualdade de gênero.

Em apoio à Agenda 2030, a ONU Mulheres lançou a iniciativa global “Por um planeta 50-50 em 2030: um passo decisivo pela igualdade de gênero”, com compromissos concretos assumidos por mais de 90 países.

“Só muda a realidade da desigualdade, da violência, da injustiça , quem apostar no 50/50”, declarou Yeda. “Essa Carta-Compromisso do PSDB mulher assinada por Doria é um caminho para o 50/50, a igualdade. Nas mãos da mulher, a transformação. O PSDB é raiz. O PSDB mulher é raiz”, disse Yeda.

Entre os compromissos que constam na Carta está: “Promover concretamente a autonomia para as mulheres gerenciarem os recursos legais referentes aos 30% do financiamento eleitoral destinados às candidaturas femininas nas eleições de 2022”.

“Estão aqui mulheres do Norte, que sabem entender o ser humano. Precisam de uma política própria. Estão na Amazônia, muitas vezes sem conectividade. E precisa ser representada. A Amazônia pulsa o valor da vida para toda a Terra. O compromisso com a Amazônia está aqui representada pelas mulheres do Norte”, afirmou Yeda.

APOIO
Antes do evento, em coletiva de imprensa, a ex-governadora do Rio Grande do Sul, Yeda Crusius, declarou apoio em João Doria nas prévias do partido que escolherão em novembro o nome que o PSDB indicará para disputar a Presidência da República em 2022.

“O PSDB é conhecido como um partido do muro, mas é porque a gente gosta de subir e olhar os dois lados. Tenho 30 anos de relação com Doria, de política vivida. Eu, pessoalmente, sou João Doria”, declarou Yeda.

O vice-governador Rodrigo Garcia também discursou, fazendo questão de ressaltar o trabalho de João Doria no enfrentamento à pandemia. “O Governador sempre prestigiou sua equipe, sempre nos deu liberdade e autonomia. E quando chegou o momento da pandemia, João Doria teve a coragem de puxar para si o enfrentamento à covid-19 e foi atrás da vacina. Graças ao Governador João Doria, São Paulo está ajudando muito o Brasil a preservar vidas”, disse Garcia.

O vice-governador, que também é secretário de Governo, também falou da “coragem que Doria teve que tomar decisões difíceis, como ter decidido comprar a vacina”. “Foi você quem teve determinação para termos a primeira vacina do Brasil, desenvolvida pelo Butantan. E a enfermeira Mônica Calazans está aqui conosco (no palco) para comprovar. Estamos aqui para celebrar a arrancada da vitória. Nós estaremos juntos com João Doria”, finalizou Rodrigo Garcia.

Em 2020, o PSDB elegeu 55 prefeitas, entre elas, a única prefeita de capital, Cinthia Ribeiro. Elegeu também 64 vice-prefeitas e 719 vereadoras.