Início Destaque Lateral Home “É o pior resultado obtido pelo governo”, avalia Sampaio

“É o pior resultado obtido pelo governo”, avalia Sampaio

coletiva-carlos-sampaio-2-300x199O coordenador jurídico do PSDB Nacional e deputado federal, Carlos Sampaio (SP), destacou, nesta quinta-feira (29/01), que o rombo de R$ 17,2 bilhões nos cofres do governo federal é resultado da má gestão pública. No seu perfil no Facebook, Sampaio condenou a “bandalheira” e a ausência de punição contra a corrupção no país.

“Amigos, como eu tenho dito já há muito tempo, esse governo do PT e da Dilma está acabando com a ‘herança bendita’ da era FHC, sobretudo no que diz respeito às contas públicas, sem contar a corrupção, que é um caso à parte! O resultado da má gestão, da bandalheira e do total descontrole dos gastos é este: um rombo de mais de R$ 17 bilhões no ano passado, o pior resultado já obtido pelo governo!”, disse o tucano.

O governo central – Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central – encerrou 2014 com déficit primário de R$ 17,243 bilhões. É a primeira vez que o resultado primário fica deficitário desde o início da série histórica atual, em 1997. Em dezembro, o resultado foi superavitário em R$ 1,039 bilhão. Os dados foram divulgados pelo Tesouro Nacional.

A Agência Brasil informa que o governo central não cumpriu a meta alterada de superávit primário – economia para pagar os juros da dívida – para 2014, que era R$ 10,1 bilhões. A meta original, de R$ 80,7 bilhões, foi reduzida em razão da queda na arrecadação e aumento de gastos. De janeiro a dezembro, as receitas líquidas do Governo Central cresceram 3,6% em relação a 2013. Os gastos, porém, aumentaram em ritmo maior: 12,8%.