Início Saiu na imprensa “Mentira oficial é crime de responsabilidade”, diz líder do PSDB

“Mentira oficial é crime de responsabilidade”, diz líder do PSDB

Portal G1

Carlos Lupi negou que tenha andando em avião de empresário.
Dirigente de ONG afirma que ministro do Trabalho usou aeronaves.

O líder do PSDB no Senado, Álvaro Dias (PSDB-PR), afirmou nesta terça-feira (15) que o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, mentiu durante depoimento na Câmara, na semana passada, em que negou ter andado em aviões do empresário Adair Meira, dirigente de ONGs beneficiadas por convênios com a pasta.

A oposição quer que o ministro se explique aos parlamentares. “A mentira oficial é crime de responsabilidade. A mentira é uma afronta à sociedade e ao parlamento e desmoraliza o ministro. Desmoralizado, não pode continuar”, disse o líder tucano.

Adair Meira afirmou nesta terça-feira (15) que Lupi andou em dois modelos de aeronaves durante viagem em 2009 pelo Maranhão, um bimotor Sêneca e um turbo-hélice King Air. Adair confirmou ter intermediado o aluguel do King Air, mas negou ter arcado com os custos. A denúncia de que o ministro teria andado em aeronaves de entidades beneficiadas por convênios da pasta foi publicada na edição do último final de semana da Revista “Veja”.

“Estranhei quando ele disse de forma desdenhosa que não conhece o senhor Adair. Eu acho que se ele puxasse um pouquinho pela memória e estivesse menos equivocado pelas atribulações do momento, lembraria que já estivemos junto em várias oportunidade”, disse o empresário.

Carlos Lupi não quis dar entrevista e a assessoria do ministério também não quis comentar o assunto.

Segundo Adair, Lupi estava cumprindo a agenda pelo Maranhão no avião de modelo Sêneca, quando Ezequiel o convidou a andar no King Air por ser maior. Adair afirmou que essa aeronave foi usada pela comitiva do ministro em pelo menos um trajeto da viagem. “Acompanhei o ministro no King Air em um dos trechos, me parece que de Imperatriz a Timon”, afirmou.

Foto divulgada pelo site “Grajaú de Fato” mostra que Lupi também teria desembarcado em Grajaú com o turbo-hélice modelo King Air. No último fim de semana, o Ministério do Trabalho divulgou nota dizendo que Lupi apenas utilizou o modelo Sêneca durante a agenda no Maranhão.

Na última quinta (10), diante dos parlamentares, na Câmara, Lupi negou que tenha andado no mesmo avião que Adair. “Nunca andei em jatinho de Adair, não o conheço (…) Não tenho nenhum tipo de relação com ele, apenas ter conhecido em algum evento público, isto é normal”, disse.

Em notam, o ministério disse ainda que os deslocamentos dentro do estado foram de responsabilidade do diretório regional do PDT. O presidente do PDT, André Figueiredo, afirmou que a Executiva do partido mantém a “confiança” no ministro Carlos Lupi e espera que ele “dê todos os esclarecimentos”.