Início Notícias do PSDB Para Garcia, Brasil vive retrocesso sob gestão Bolsonaro

Para Garcia, Brasil vive retrocesso sob gestão Bolsonaro

O vice-governador Rodrigo Garcia afirmou que o Brasil vive hoje retrocessos em diversas áreas e que nada do que foi prometido durante a campanha do presidente Jair Bolsonaro foi cumprido. As afirmações foram feitas durante encontro de mobilização das regiões de Sorocaba e Itapetininga, na noite desta quinta-feira (12).

“Os malandros se aproximaram da República pelos retrocessos imensos que esse senhor está promovendo no Brasil”, disse. “O Brasil já perdeu o mais valoroso momento de sua história, quando tivemos bônus demográfico e não fizemos nada. Perdemos anos com o populismo do PT e agora com o governo Bolsonaro”.

Para Garcia, é o momento de o PSDB mostrar seu histórico de boa gestão e sua capacidade de mudança lançando um candidato capaz de promover as inovações necessárias. “E o candidato para isso é o governador João Doria”.

“Podemos sair baixo nas pesquisas, mas é o Doria que pela primeira vez em muitos anos irá levar o PSDB de volta à Presidência da República. Vamos ganhar porque estamos do lado certo e temos o candidatos mais combativo”, disse, reforçando a necessidade de, primeiramente, vencer as prévias e transformar Doria no candidato tucano à Presidência da República.

 

 

 

 

Para keke, prefeito de Capela do Alto, o Brasil precisa de uma gestão inovadora e capaz de mudar o país. “Precisamos de João Doria para transformar, para trazer esperança e fazer a gestão necessária e capaz de transformar a vida dos brasileiros”, disse.

 

 

 

“Quantas vezes o PSDB terminou a eleição nacional com o gostinho de quase. Então é agora que temos de trabalhar, temos de fazer aquele pouquinho mais que faltou em outras oportunidades para eleger o nosso presidente”, incentivou o prefeito Léo Folim, de Iperó.

Para a deputada estadual Damaris Moura, o momento é agora. “Dei meu primeiro voto aos 16 anos e foi o voto em um tucano, Mario Covas. Nunca pensei que anos depois estaria aqui neste diretório para prosseguirmos uma caminhada de vitória”, disse.

Damaris defendeu Doria como única alternativa capaz de enfrentar Lula e Bolsonaro e oferecer uma gestão capaz. “Temos de fazer sentir renovar em nossos corações a mesma honra que senti aos 16 com meu primeiro voto”, disse.

Já a deputada Maria Lúcia Amary defendeu a força da militância. “Quem vai para as ruas pedir voto é a militância. A bandeira que temos no peito ela carrega nas mãos”, disse. “Temos aqui mais que uma eleição, é uma chamamento cívico. Nossa democracia está ameaçada e precisamos nos levantar. Não podemos mais ficar calados”.

Para Maria Lúcia, Doria é um homem de coragem, que caminha sozinho e sabe o que faz. “Ele garantiu a vacina e a esperança de um futuro”, afirmou, pedindo que os presentes se engajem na mobilização para as prévias.

“Meu sentimento hoje é de agradecimento. Só estamos aqui hoje porque um ano e meio atrás um homem correu sozinho atrás da vacina, uma pessoa ousada que salvou milhares de brasileiros”, disse o deputado federal Vitor Lippi. “Eu tomei vacina e só posso dizer obrigado. Obrigado por mim, pelos meus filhos, pelos meus amigos e vizinhos. Só tenho gratidão”, afirmou.

“Eu tenho vergonha do atual presidente. É inacreditável o que o Bolsonaro está fazendo e um desrespeito aos brasileiros. O Brasil não merece isso. Merecemos um presidente melhor e, por isso, queremos João Doria”, concluiu.

Para o presidente do Diretório Estadual do PSDB-SP, o momento é de união e mobilização. “Temos de trabalhar juntos, desde já, para dar ao governador João Doria a vitória nas prévias a partir de São Paulo”, disse.