Início Na imprensa PF reforça ligação de ex-assessora com grupo investigado

PF reforça ligação de ex-assessora com grupo investigado

A Polícia Federal indiciou a ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo Rosemary Noronha por suspeita de formação de quadrilha, sugerindo que seu envolvimento com o grupo desarticulado pela Operação Porto Seguro é maior do que se pensava no início do caso. Segundo comunicado divulgado ontem pela PF, o novo indiciamento foi proposto após a tomada de novos depoimentos e o exame de documentos apreendidos em 23 de novembro, quando a polícia vasculhou o apartamento de Rosemary e o gabinete da Presidência em São Paulo. Leia AQUI