Início Destaque Lateral Home Aloysio e Floriano falam sobre relação entre o Poder Legislativo e os...

Aloysio e Floriano falam sobre relação entre o Poder Legislativo e os partidos

Esquerda p/ direita: Fátima Guimarães, presidente do PSDB-Mulher Estadual; senador Aloysio Nunes; Paulo Mathias, e vereador Floriano Pesaro

Na tarde deste sábado, 23 de fevereiro, o Líder do PSDB no Senado, Aloysio Nunes, e o Líder da bancada municipal do PSDB-SP, vereador Floriano Pesaro, ministraram palestra ‘O Legislativo e o Partido’, que faz parte de um ciclo de nove encontros consecutivos do Congresso Estadual do PSDB-SP.

O Líder do PSDB na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (Alesp), deputado Carlos Bezerra Jr, que também abordaria o tema, não pode comparecer por um problema de saúde. Pesaro deu início à palestra agradecendo ao presidente do diretório estadual do PSDB-SP, deputado Pedro Tobias, e a todos os envolvidos no Congresso.

“É uma das primeiras vezes que o PSDB chama seus principais líderes para uma conversa sobre o Legislativo com a militância. É muito importante que tenhamos orgulho de fazer politica, pois a fazemos de maneira competente, honesta e correta. Nós nos preocupamos com os interesses da minoria”, disse Floriano Pesaro.

Sobre a oposição do PSDB ao PT, Floriano disse que “nós não seremos iguais à oposição irresponsável, indecente e imoral que o PT fez ao governo FHC e igual faz na Alesp ao governo Alckmin”, destacou.

O senador Aloysio Nunes deu início a sua fala, falando sobre o trabalho da oposição. “Quando eu assumi a Liderança do Senado, me perguntaram qual seria a minha pauta. A minha pauta é ser contra o governo. É este o dever político de uma bancada de oposição”, afirmou.

Nunes classificou o trabalho de oposição do PSDB como ‘coerente’. “A nossa bancada tem sido muito coerente em relação à oposição ao governo. Temos sido absolutamente coerentes. A oposição tem sido consistente e sólida”, disse.

Sobre o Congresso Estadual do PSDB-SP, Aloysio Nunes disse que se trata de “um ótimo momento para reflexão”. “O essencial para nós do PSDB-SP é defender nosso governador Geraldo Alckmin. Somos um partido que vai lutar para manter o poder em São Paulo e temos uma infinidade de elementos para usar a nosso favor”, declarou.

PT

“O grande responsável pelo desprestigio do Congresso é a sistemática degradação promovida pelo PT. E isso passa por tudo, desde o mensalão às alianças mais espúrias que se pode imaginar e isso acaba por lançar um enorme desprestigio ao Congresso”, disse Aloysio sobre o desempenho do Partido dos Trabalhadores à frente do governo federal.

O senador disse, ainda, que “o PT está destruindo a Petrobras”. “O que o PT fez para combater o crack e acudir o dependente? As Santas Casas estão falindo. Estes são só alguns pontos que nós devemos ‘malhar’ sobre eles”, afirmou.

O Congresso

Os objetivos do Congresso Estadual do PSDB-SP, instalado em 2 de janeiro, são debater o programa do partido, as normas estatutárias e destacar o código de ética. Até o dia 28 de fevereiro, os filiados paulistas do PSDB poderão enviar propostas. Durante o mês de março terá início a sistematização e conciliação das ideias que serão apresentadas em Plenária nos dias 05, 06 e 07 de abril. As propostas aprovadas serão encaminhadas ao Diretório Nacional.

Para enviar propostas e obter mais informações acesse www.congresso.psdb-sp.org.br.